Rich Strike, maior azarão do páreo, surpreende no Kentucky Derby

Rich Strike, maior azarão do páreo, surpreende no Kentucky Derby

A 148ª edição do Kentucky Derby (G.1) apresentou a vitória do maior azarão do páreo, o potro Rich Strike, que pagou o equivalente a 80/1 nas apostas e derrotou exatamente o favorito Epicenter, em uma forte atropelada por dentro da pista de areia do hipódromo de Churchill Downs. Em terceiro finalizou Zandon, seguido por Simplification e Mo Donegal, que completou o placar. O tempo foi de 2'02"61 para os 2.000 metros, percorridos em pista de areia leve.

A prova foi disputada neste sábado, dia 7, com uma platéia de 147 mil pessoas tomando todos os espaços do tradicional hipódromo kentuckyano para ver a milionária disputa com dotação de US$ 3 milhões. A surpresa da vitória de Rich Strike foi ainda maior porque, até sexta-feira, seu nome não havia sido confirmado, o que só aconteceu após uma defecção no campo de inscrições.




O ganhador é um filho de Keen Ice e Gold Strike, por Smart Strike, de criação da Calumet Farm e propriedade de RED TR Racing, que o comprou no ano passado em um "claiming" por US$ 30 mil. Rick Strike é treinado por Eric Reed e foi pilotado por Sonny Leon, um jóquei que não fazia parte do primeiro time do turfe norte-americano e que nunca havia montado no Kentucky Derby.

As apostas da jornada do Kentucky Derby somaram US$ 273,8 milhões, 17% a mais do que a versão do ano passado e 9% superior ao recorde anterior de US$ 250,9 milhões, de 2019. Somente no páreo do Derby foram apostados quase US$ 50 milhões.

Ir para IPO News