Imagem: Divulgação
Ebanx compra Remessa Online por cerca de R$ 1,2 bilhão

Ebanx compra Remessa Online por cerca de R$ 1,2 bilhão

Empresa que oferece soluções de pagamentos com boleto, crédito, débito, parcelamento e PIX, além de outras modalidades disponíveis em países da América Latina, a Ebanx acaba de fechar a compra da Remessa Online, uma fintech de remessas internacionais, por um valor aproximado de R$ 1,2 bilhão.

Criada em 2012, no Paraná, a Ebanx prepara uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) nos Estados Unidos, e e pretende utilizar a Remessa Online para expandir seus serviços de pagamento que fazem a ponte entre marcas internacionais e consumidores da América Latina. A Ebanx está presente em muitos países e tem clientes do porte de AliExpress, Spotify, Airbnb, Uber, Shopee e a Hotmart - esta mais uma fintech que pretende abrir capital em Wall Street.

Segundo informação divulgada pela Ebanx, a Remessa Online chegou no começo deste ano a um terço de participação de mercado em remessas de recursos por pessoas físicas. É também uma das maiores cinco empresas em operações de remessas registradas no Banco Central. Desde agosto de 2016, quando foi lançada, a Remessa Online já movimentou mais de US$ 5,2 bilhões. No ano passado, a fintech recebeu um aporte de US$ 20 milhões, liderado pela Kaszek Ventures.

A Remessa Online não foi a primeira aquisição feita pela empresa curitibana este ano. A Ebanx finalizou, em outubro, a compra no Brasil da Juno, fintech que atua junto a clientes corporativos com soluções de cobrança, pagamentos, conta digital e serviços bancários.

Há pouco tempo, uma concorrente próxima da Ebanx - a uruguaia dLocal - fez sua oferta pública inicial na Nasdaq e foi avaliada em US$ 11 bilhões. A empresa já atua no Brasil via parceria com a fintech Dinie, que oferece pagamentos para pequenas e médias empresas.

Ir para IPO News