Saudi Aramco ultrapassa Apple como empresa mais valiosa do mundo

Saudi Aramco ultrapassa Apple como empresa mais valiosa do mundo

Ao atingir esta semana o valor de mercado equivalente a US$ 2,43 trilhões, a Saudi Aramco, petroleira da Arábia Saudita ultrapassou a Apple e se tornou a companhia mais valiosa do mundo, fenômeno que já havia ocorrido em 2019. É que começo da semana as ações da big tech norte-americana caíram 5,18%, acompanhando a queda generalizada das ações de tecnologia na Nasdaq.

No início do ano, a Apple havia atingido o recorde mundial de US$ 3 trilhões em valor de mercado, o que representava, na ocasião,Na época, cerca de US$1 trilhão a mais que o da Saudi Aramco. Com o passar dos meses, a gigante do Sillycon Valley diminuiu 16% em sua capitalização, enquanto que a petroleira subiu 27%.

A Saudi Aramco, oficialmente Saudi Arabian Oil Company, é a companhia petrolífera estatal com sede em Darã na Arábia Saudita, sendo a maior companhia do ramo do mundo em termos de reservas de óleo cru e de produção.
A origem da Saudi Aramco remete a 1933, quando foi fechado um acordo entre a Arábia Saudita e a companhia americana Standard Oil Company of California, que mais tarde viria a se tornar a Chevron, para pesquisa e perfuração de poços de petróleo, criando uma nova empresa para isso. Entre 1973 e 1980, a Arábia Saudita comprou a parte da concorrente.

A Arábia Saudita tem a segunda maior reserva de petróleo depois da Venezuela, segundo a Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês). É também o segundo maior produtor, depois dos Estados Unidos.

Ir para IPO News