Imagem: Divulgação
Depois do Cruzeiro, agora é a vez do Botafogo virar uma SAF

Depois do Cruzeiro, agora é a vez do Botafogo virar uma SAF

O diretor da XP Investimentos, Pedro Mesquita, informou ontem à noite, em sua conta na plataforma do Linkedin, que o Botafogo assinou acordo com a empresa do investidor norte-americano John Textor para venda da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do clube alvinegro carioca.

"Nos sentimos muito realizados em ajudar os grandes clubes brasileiros a se profissionalizarem! O glorioso Botafogo Futebol e Regatas acaba de assinar acordo para venda da SAF com o grupo liderado pelo investidor John Textor! Um grande presente de Natal para a torcida!", disse Mesquita.

O futebol do Botafogo deverá receber um aporte de pouco mais de R$ 400 milhões, com 90% das ações da SAF ficando nas mãos de Textor, que é sócio-proprietário do time do Crystal Palace, integrante da Premier League na Inglaterra. A SAF vai herdar a dívida do clube, deve investir no futebol e planeja também construir um centro de treinamento que atenderá tanto futebol profissional quanto as categorias de base.



Divulgação

Por essas primeiras informações oficiais, o modelo de negócio adotado é parecido ao da negociação do ex-jogador Ronaldo Fenômeno com o Cruzeiro - também intermediado pela XP - em termos de valores e cota de ações repassadas ao empresário.

A diretoria do Botafogo ainda não se manifestou sobre a negociação. O clube carioca, que no passado abrigou craques do naipe de Garrincha, Nilton Santos, Heleno e Túlio, conseguiu este ano voltar à Série A do Campeonato Brasileiro. O "Fogão" conquistou antecipadamente o título de campeão da Série B. Outros times considerados "grandes", como o próprio Cruzeiro e o Vasco, não conseguiram o acesso e passarão mais um ano jogando na divisão secundária do Brasileirão.

Ir para IPO News