Ação do Banco Inter estreia com forte queda na Nasdaq

Ação do Banco Inter estreia com forte queda na Nasdaq

O Banco Inter iniciou nesta quinta-feira, dia 23, as negociações de suas ações na Nasdaq, em Nova York. Nomeadas com o ticker INTR, as units registraram uma forte baixa na estreia (12,56%), encerrando o pregão a US$ 3,48. No Brasil, os BDRs da Inter&Co (holding do banco), que são negociadas na B3 sob o ticker INBR31, tiveram queda de 7,95%, valendo R$ 17,93.

O CEO do Inter, João Vitor Menin, aprovou a data de lançamento das ações, mesmo que as ações listadas no Nasdaq, ligadas a tecnologia, não atravessem o melhor momento diante dos investidores. Para ele, o mais importante foi entrar no mercado norte-americano, que possui entre 40 a 50 milhões de imigrantes que carecem de um melhor atendimento bancário.

Por essa razão, o banco espera que essa exposição internacional em Wall Street possa fazer o Inter atingir a meta de angariar 1 milhão de clientes, sendo 500 mil com conta global e 500 mil no mercado norte-americano.

O Inter, que está no mercado desde 1994 e que foi digitalizado a partir de 2015, foi o primeiro banco digital a negociar ações na B3 (antiga Bovespa), em 2018. Em poucos anos, deu um salto em sua carteira de clientes, que hoje se aproxima de 20 milhões, aproveitando-se do pioneirismo na base digital.

Ir para IPO News