Ibovespa interrompe série positiva e fecha em queda 2,47%

Ibovespa interrompe série positiva e fecha em queda 2,47%

O Ibovespa interrompeu uma boa série de cinco altas consecutivas e fechou o pregão desta quarta-feira, dia 18, em forte queda de 2,47%, aos 106.103 pontos, em meio à piora das perspectivas econômicas no cenário internacional. Já o dólar voltou a subir, 0,77%, passando a valer R$ 4,98.

Os rumos do mercado mudaram após a fala do presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell. Seu discurso foi considerado duro, pois Powell afirmou que elevará as taxas de juros até o patamar necessário para fazer a inflação retroceder nos EUA.

As bolsas de Wall Street acusaram o golpe, já que vinham de altas nos últimos dias. O índice Dow Jones fechou com queda de 3,56%, enquanto que o S&P 500 encerrou a jornada em baixa de 4,04% e o Nasdaq, despencou 5,06%.

Com o pessimismo generalizado, os preços de commodities como petróleo e o minério de ferro também caíram, impactando no fechamento de ações determinantes da bolsa brasileira, como Petrobras (PETR3 e PETR4), que fecharam em queda de 2,25% e 1,63%, respectivamente; Vale (VALE3), que perdeu 2,52%; e CSN (CSN3), que caiu 5,82%.

Na B3, os destaques hoje foram: LWSA3 (13,95%), HAPV3 (4,45%), ECOR3 (2,27%), TAEE11 (0,64%) e CPLE6 (0,28%). Na margem oposta, caíram: BIDI11 (8,62%), UGPA3 (7,71%), DXCO3 (6,43%), CSNA3 (5,82%) e EMBR3 (5,79%).

Ir para IPO News