CSN Cimentos compra LafargeHolcim por US$ 1,025 bi

CSN Cimentos compra LafargeHolcim por US$ 1,025 bi

A CSN Cimentos anunciou nesta sexta-feira, 10/09, a compra da concorrente LafargeHolcim no Brasil, pelo valor de US$ 1,025 bilhão (cerca de R$ 5,33 bilhões), segundo informações divulgadas Pipeline do Valor e pelo Broadcast do Estadão. Com a aquisição dos ativos da Holcim, a empresa se torna a terceira maior cimenteira do País, atrás da líder Votorantim Cimentos e da InterCement. No final de junho, o empresário Benjamin Steinbruch já tinha comprado a Cimento Elizabeth, na Paraíba, por cerca de US$ 200 milhões.

A compra feita agora adiciona uma capacidade produtiva de 10,3 milhões de toneladas/ano, por meio de fábricas localizadas no Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste, além de substanciais reservas de calcário de alta qualidade e unidades de concreto e agregados. No geral, a CSN Cimentos passa a ter capacidade produtiva de 16,3 milhões de toneladas de cimento por ano.

Em comunicado, a companhia afirmou que "são esperadas relevantes sinergias operacionais, logísticas, de gestão e comerciais, com espaço para evolução do mix de produtos e expansão da base de clientes. Este movimento se insere na estratégia de expansão da CSN Cimentos em meio à recuperação do consumo de cimento no Brasil, demonstrando a capacidade da empresa de assumir papel de destaque no setor".

A Holcim, de origem franco-suiça, vai concentrar suas operações na Europa e nos Estados Unidos, mas sem abandonar a América Latina. Entre seus negócios que permanecem ativos na AL, estão uma fábrica em Malagueno, na Argentina, e outra no México. Mesmo com a venda desse ativo no Brasil, o grupo continua sendo o líder mundial do setor de cimento.

Ir para IPO News