Imagem: Divulgação
Colômbia elege Gustavo Petro, 1º presidente de esquerda do país

Colômbia elege Gustavo Petro, 1º presidente de esquerda do país

Com 100% das urnas apuradas, a Colômbia elegeu neste domingo, dia 19, seu novo presidente, Gustavo Petro, com 50,44% dos votos, contra 47,31% de Rodolfo Hernández. Pela primeira vez em sua história, o pais elegeu um presidente de esquerda: Petro, um ex-guerrilheiro que foi prefeito de Bogotá, teve 11.281.013 votos; seu opositor, o populista de direita Hernandez, alcançou 10.580.412 votos. Uma diferença de 700.601 votos, segundo a apuração oficial.

O novo presidente, que é da Coalizão Pacto Histórico, terá como vice a advogada e ambientalista negra Francia Elena Márquez Mina. A dupla assume o governo no dia 7 de agosto, para um mandato de quatro anos. Em sua conta no Twitter, Gustavo Petro comemorou a vitória:

"Hoje é dia de festa para o povo. Que festeje a primeira vitória popular. Que tantos sofrimentos se amortizem e a alegria inunde o coração de nossa pátria. Esta vitória é para Deus e para o povo. Hoje é o dia de festa nas ruas e nas praças".

Assim que se confirmou o resultado, Gustavo Petro passou a receber cumprimentos em seu país e também vindos do exterior. O atual presidente, Iván Duque, impedido por lei de concorrer à reeleição, foi dos primeiros a ligar para o candidato eleito.

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se manifestou sobre o resultado das urnas na Colômbia, mas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o fez logo após conhecido o resultado do pleito. Ele disse em suas redes sociais que a vitória de Petro "fortalece a democracia e as forças progressistas na América Latina. Felicito calorosamente os companheiros Gustavo Petro, Francia Márquez e todo o povo colombiano pela importante vitória nas eleições deste domingo".

Ir para IPO News