Imagem: Getty Images
Ibovespa instável mostra o que vem por aí em 2022

Ibovespa instável mostra o que vem por aí em 2022

O primeiro pregão do ano, nesta segunda-feira, dia 3, começou instável, teve ganhos, perdas e fechou em baixa de 0,86%, com o mercado enxergando temor nos juros futuros, aumento da inflação e estagnação da atividade econômica. A cereja do bolo fica para o segundo semestre: as eleições de 3 de outubro e um segundo turno para presidente (se houver) dia 30 do mesmo mês. A campanha já está no ar, assim como as apostas nos candidatos e suas composições.

As apostas das instituições financeiras sobre o desempenho da bolsa de valores este ano também estão postas. A realidade de ontem foi um fechamento nos 103.922 pontos. A média das previsões fica em 124.532 pontos, o que representaria um ganho de 20% para 2022. Mas se o leitor optar por seguir os conselhos de sua corretora ou banco favorito, as previsões vão de uma média mínima de 116/117 mil (Goldman Sachs, Ativa, CM Capital e Genial) até uma média máxima em torno dos 133 mil pontos (JP Morgan, BTG Pactual, Órama). Assim, há espaço para todos os gostos e riscos.

Outra expectativa dos investidores é para os lançamentos das ofertas públicas iniciais, os IPOs, este ano. O resultado de 2021 não foi o esperado pelos que investiram na empresas entrantes do mercado de ações. Das 40 companhias que foram à B3, 70% delas terminaram o ano com suas ações em baixa. Algumas com pesadas perdas, indicando que a recuperação poderá demorar anos nas mãos dos donos dos papéis.

Para este ano, estão previstos mais alguns negócios, ainda sem datas definidas. Estão na fila Verzani & Sandrini, Lupo, Unigel, Captalys, Oliveira Trust, Datora, Cencosud e Fulwood, entre outras. São empresas que atingiram um estágio avançado de preparo para a abertura de capital, mas é certo que doravante os investidores prestarão mais atenção no histórico de realizações do que em promessas mirabolantes de ganhos futuros, frágeis opiniões de influenciadores digitais inexperientes ou contratação de artistas que mal conhecem o negócio de seu novo patrão.

O índice Ibovespa traz algumas novidades em sua composição para 2022. A nova carteira, que vai vigorar entre 3 de janeiro e 29 de abril próximo, incorpora três novas empresas: a fabricante de computadores e eletrônicos Positivo Tec (POSI3), a CSN Mineração (CMIN3); e a 3R Petroleum (RRRP3). Deixam o índice a empresa de pagamentos do Banco Santander, a Getnet (GETT11), e o Banco Inter (BIDI4). Dessa forma, o Ibovespa passa a contar com 93 ativos, um a mais do que na carteira do ano passado.

Ir para IPO News