Imagem: Divulgação
Smart Fit inicia negociações e dispara quase 30% na B3

Smart Fit inicia negociações e dispara quase 30% na B3

Semana de IPOs começou com a 3tentos na segunda, prossegue hoje com o lançamento das ações da rede de academias e tem sequência amanhã, com a Companhia Brasileira de Alumínio

A rede de academias Smart Fit começou a negociar suas ações (SMFT3) no pregão de hoje na B3. Por volta do meio-dia, a unit valorizava quase 30%, a R$ 29,10.  A precificação, realizada na segunda-feira, dia 12/07, deixou o papel da empresa com o valor de R$ 23,00, numa faixa indicativa que variava entre R$ 20 e 25,00. O montante arrecadado alcançou R$ 2,3 bilhões, sendo que ainda poderá captar mais R$ 345 milhões de os bancos coordenadores da oferta exercerem o lote suplementar disponível na oferta primária.

Amanhã, é a vez da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) estrear na bolsa, como CBAV3. Ontem, a empresa do grupo Votorantim fixou o valor de R$ 11,20 por ação, movimentando R$ 1,6 bilhão em negócios. A exemplo do que fez a Smart Fit, a CBA também reduziu a faixa indicativa, com preço final 20% abaixo do piso original - a faixa oscilava entre R$ 14 e 18,00.


Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) vai estrear na bolsa, como CBAV3 - Divulgação

Na sexta-feira, dia 16/07, acontecerá o lançamento das ações da Intercement (ICBR3), que está com um intervalo de preço entre R$ 18,20 e R$ 25,50, com preço médio de R$ 21,85. A precificação será anunciada hoje, e a expectativa da companhia é de alcançar um valor de cerca de US$ 1 milhão (R$ 5.160 bilhões).

O IPO sem dúvida mais esperado do período é o da Raízen, cuja estreia na B3 está prevista para acontecer dia 5 de agosto, com precificação marcada para dois dias antes. A companhia, uma joint-venture da holandesa Shell e da brasileira Cosan, acaba de divulgar ao mercado a faixa indicativa de preços que pretende praticar, variando entre R$ 7,40 e R$ 9,60 a unit. A expectativa da empresa, que atua na distribuição de combustíveis e é uma das três maiores do País, ao lado da BR Distribuidora e da Ipiranga, é de movimentar entre R$ 5 a 7 bilhões com a oferta pública de agosto.

A semana começou com o lançamento das ações da 3tentos (TTEN3), empresa de agrobusiness do interior do Rio Grande do Sul que levantou R$ 1,35 bilhão, precificando suas ações a R$ 12,25. Os ativos abriram com um significativo ganho, de 5,71%, fechando o pregão de segunda com queda de 1,22%, a R$ 12,10. Ontem, ganhou fôlego e subiu 0,41%, a R$ 12,15. Exemplo que define bem os ajustes que o mercado providencia a partir da precificação inicial, do lançamento dos papéis e da consequente movimentação dos investidores.

Ir para IPO News